Cores nos uniformes hospitalares: você já se perguntou por que são sempre as mesmas?

Você já se perguntou o porquê das mesmas cores sempre serem utilizadas para os uniformes hospitalares? Bem, não é meramente uma questão de gosto ou de marketing: existem motivos reais e mais profundos por detrás dessas escolhas. 

  • POR QUE BRANCO?

Se olharmos para a história, descobriremos que durante muitos anos, na Grécia Antiga, a cor branca já era utilizada pelos sacerdotes do templo do “deus da medicina”. Isso porque, o uso de vestes brancas representava a pureza espiritual necessária para a realização da cura. 

Mais a frente, por volta do século XIX, por sua vez, alguns registros revelam que a tradição foi totalmente transformada e, nessa época, o que predominavam eram as roupas de cores escuras. Além disso, por mais bizarro que pareça, indica-se que quanto mais sujas de sangue eram as suas roupas, mais prestigiado era o médico, por carregar as marcas das vidas que salvou. 

Todavia, tudo mudou graças ao famoso médico húngaro, Ignaz Semmelweis (1818-1865), conhecido por revolucionar a medicina e a contenção de contágios de doenças pelo simples hábito de lavar as mãos. Durante sua jornada em vida, ele lutou para comprovar que, assim como as mãos, roupas sujas também apresentavam um grande risco de transmissão de doenças e infecções para os pacientes e para os próprios médicos. Depois de alguns anos de luta, sua teoria foi confirmada por Pasteur, que comprovou que tudo que envolve a prática da medicina e está presente em ambientes hospitalares, deve sempre ser mantido na mais perfeita higiene para a proteção e prevenção das pessoas. 

Por esse motivo, optou-se por resgatar o uso da cor branca nos uniformes dos médicos, com o objetivo de manter a limpeza necessária, considerando que devido ao seu tom claro, torna-se mais fácil perceber a presença de qualquer sujeira ou eventual resíduo indesejado, possibilitando que o médico troque imediatamente o seu jaleco.

Em nossos dias, o branco continua sendo exigido  para o uso da equipe de enfermagem e médicos na maioria dos hospitais e clínicas, exceto pela Unidade Tratamento Intensivo (UTI) e Centro Cirúrgico (CC), devido a uma teoria igualmente fundamentada. 

  • O VERDE E O AZUL

  Nas áreas da UTI e Centro Cirúrgico, as cores que predominam são o verde e o azul. Isso porque, além de serem cores que transmitem maior serenidade e sobriedade, esses tons ajudam a evitar ilusões visuais que podem ser prejudiciais na hora do trabalho. 

Isso é explicado pelo conceito da famosa paleta de cores e seus efeitos.

A paleta de cores é um conjunto de cores selecionadas que podem servir desde para a criação de uma identidade visual, como para o desenvolvimento de artes, montagem de looks, decoração, e até para provocar determinados sentimentos e sensações, de acordo com um estudo chamado “psicologia das cores”. Isso porque, dependendo de como essas cores são utilizadas, elas podem causar várias percepções diferentes nas pessoas que as enxergam. 

Tratando-se dos uniformes hospitalares, a grande questão é que quando o cérebro humano não percebe o contraste entre as cores da paleta, ele tende a uniformizá-las. Por isso, devido ao grande contato com sangue e órgãos vitais no centro cirúrgico e UTI, o azul e o verde são as melhores cores para provocar o contraste que possibilite a rápida identificação de tons de vermelho na realização dos procedimentos. 

Muito interessante, não é mesmo?

Por fim, o uso de uniformes com essas cores diferentes possibilita ainda uma distinção rápida e fácil entre os profissionais, auxiliando na hora do reconhecimento e agilizando o procedimento durante uma emergência. 

E aí, gostou desse artigo? Você já sabia dessas curiosidades? 😉

A Jaqueta Ideal também se preocupa em compartilhar conhecimento, agregando à sua rotina, além de fornecer diversos modelos incríveis para uniformes hospitalares!

Acesse a nossa loja virtual, conheça os nossos trajes hospitalares e encomende já o seu para deixar a sua rotina de trabalho ainda mais bela e protegida! 👩🏻‍⚕️ 🥰

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Procurar

Categorias